Valéria - Artes em Madeira

Nome: Valéria
Idade: 37 anos
Marca: Valéria - Artes em Madeira
Local: Caieiras - SP - Brasil

"Crafter" como hobbie ou profissão...

Crafter como hobbie. Atualmente trabalho como professora numa escola para jovens e adultos, sou formado em Ciências Biológicas e comecei as aulas de artesanato para aliviar as tensões do dia a dia, mas em pouquissimo tempo começaram a surgir encomendas. Fiquei impressionada, porque mal entregava uma, já aparecia outra...as pessoas foram gostando do meu trabalho e isso foi me incentivando a buscar cada vez mais conhecimentos nesta área. Não me considero uma profissional pois tenho muito que aprender ainda, mas procuro fazer cada peça buscando a perfeição e um bom acabamento e quem sabe não fazer dessa arte minha segunda profissão.

Descrevendo o seu universo craft...
.
Trabalho com peças em mdf. Adoro ver uma peça se transformando, conforme vou vencendo cada etapa em sua preparação, cada detalhe, colocado as sombras que a pintura vai recebendo, o carinho que vou depositando na peça... tudo isso contribui para que no fim tenha uma peça transformada, totalmente diferente daquilo que tinha no começo. Adoro trabalhar com decoupage, craquelê, pintura aquarelada, apesar de não saber muito coisa gosto da pintura country com seus tons pastéis e muito xadrez. Faço também algumas peças com carimbos, os quais podem ser pintados e agora descobri o mundo do revestimento de caixas de mdf com tecido e patchwork na madeira. A variedade de tecidos dá um toque especial a peça. Enfim são tantas técnicas e produtos que existem no mercado das artes que ao descobri-las vou me apaixonando por cada uma delas. Não tenho uma preferida pois acredito que elas se complementam... tudo é possível no mundo do artesanato. E a ordem do momento é INOVAR.
.

E foi assim tudo começou...

Sempre gostei das artes manuais. Acho que herdei isso dos meus pais: minha mãe faz de tudo um pouco, costura (muito bem por sinal), faz trico, croche, varios tipos de bordados. Meu pai é um marceneiro maravilhoso... todos se encantam com seu trabalho e capricho e acho que ele me passaram o gene da "arte". Minha mãe sempre me incentivou a aprender: fiz curso de corte costura, ela me ensinou trico, croche, aprendi ponto cruz com minha tia e sempre ficava viciada em cada coisa que aprendia. Vivia e ainda vivo para aquilo que estava ou estou aprendendo. Infelizmente parei com tudo por um bom tempo, a correria e rotina do dia a dia muitas vezes nos empurra para trabalho e mais trabalho, o que nos torna extremamente estressados. Comecei a trabalhar com madeira (mdf) a menos de um ano e me surpreendi... tinha um dom escondido e felizmente encontrei. Resolvi iniciar as aulas de artesanato como terapia mesmo para esquecer alguns problemas pessoais e acabar com o stress... e não é que deu certo???? Não sou mais obsecada com esses problemas, muitas vezes nem me lembro mais deles. Penso agora só no mundo das artes, nos projetos que quero desenvolver, em como posso melhorar a cada dia.

A sua marca surgiu...

Surgiu do meu nome mesmo e escolhi artes em madeira por estar trabalhando atualmente com mdf, um material derivado da madeira.

Suas fontes de inspiração...

Busco inspiração em diferentes revistas e grupos na internet voltados para o artesanato. A internet é minha principal ferramenta para buscar idéias e trocar informações, além de permitir estar por dentro de técnicas, peças e produtos novos.

Os materiais e as cores que mais te encantam...

Adoro tintas, papéis para decoupage, adesivos. Fico enlouquecida quando vou nas lojas que vendem produtos para artesanato, quero comprar a loja inteira. Amo os produtos que dão efeitos especiais nas peças, como os kits craquelê, as texturas, as tintas dimensionais e agora recentemente estou apaixonada por tecidos. Adoro todas as cores, acho que cada uma delas tem sua importância no mundo do artesanato... a gama infinita de cores permite um universo de possibilidades de criação.


Suas preferências ao criar...

Gosto de criar peças que sejam úteis. A maioria das peças que faço são porta bijuterias, caixas organizadoras, kits para quarto de bebês ( que são úteis e ainda decoram o quarto). Ao criar uma peça procuro colocar nelas as características e estilo de quem vai recebé-la.

Ao caminhar, seus projetos e ideais...

Primeiro preciso organizar melhor meu tempo. Quero organizar essa minha segunda profissão e com o sonho de torná-la primeira. Como sou biológa e trabalhei um tempo com pesquisas, quero pesquisar cada vez mais o mundo do artesanato, quero descobrir novas técnicas e compartilhar com outras pessoas, quero sair por diferentes lugares mostrando meu trabalho e levando a arte como terapia, como hobbie, como fonte de renda.
.
Para quem está iniciando...

Pesquise bastante sobre a técnica que você deseja aprender. Pesquise na net, em resvistas especializadas, em comunidades ou grupos de discussão. Pergunte sempre, teste o que você aprendeu, seja paciente, não se desepere em terminar logo uma peça, pois afinal de contas nosso trabalho é artesanal, não trabalhamos numa produção. Não se preocupe com os erros, pois às vezes o erro pode se tornar em algo inusitado, afinal como diz o ditado aprendemos com nosso erros.
.

Uma dica sua de artesanato...

Vou falar um pouquinho sobre os pincéis pois eles são fundamentais na arte com madeira e como os melhores são caros, precisamos tratá-los com cuidado.
- Não deixe secar tinta nos pincéis;
- Limpe-os imediatamente após o uso;
- Use o diluente adequado para cada tipo de tinta, e após, lave sempre c/ agua e sabão;
- O uso de shampos ou condicionadores melhoram a limpeza dos pincéis;
- Jamais use agua quente, pois pode deformar os pelos ou cerdas;
- Seque o pincel com um pano, alisando as cerdas para que elas sequem no lugar correto;
- Nunca guarde os pincéis molhados em embalagens fechadas
- Nunca deixe secar com as cerdas viradas para cima porque a água escorre na virola, que apodrece e solta as cerdas;
- Outra dica importante é sobre a preparação do mdf: ao cortar ou lixar peças em mdf use máscara e faça isso em ambiente aberto e bem ventilado, pois o pó de mdf é tóxico.

Se vc fosse um aviamento, vc seria...

Seria uma agulha que apesar de não se destacar e não aparecer nas peças produzidas é essencial para que a linha una as partes dos tecidos e essencial para pregar ou costurar qualquer enfeite. Ela abre caminho para que outros aviamentos possam se destacar.

Uma pequena lição de vida...

O artesanato chegou em minha vida por um acaso, como disse comecei para aliviar as tensões do dia a dia e esquecer alguns problemas... entrei nisso como uma forma de terapia e nunca imaginei que tinha um dom adormecido. Me surpreendo com muitas peças que faço, porque até pouco tempo achava não ser capaz de fazê-las. Hoje minha maior satisfação é ver que meu produto deixou a pessoa contente. Fiz um porta canetas para uma amiga com a foto de seu falecido cachorrinho e nunca vou me esquecer o que ela disse: "Quando vi o porta canetas fiquei até emocionada por você ter eternizado meu Pépe". Não há alegria maior em ouvir isso. O artesanato é isso... ele possibilita e a união das pessoas a eternização dos bons momentos da vida.

Qual o endereço do seu blog: http://valeriaartesemmadeira.blogspot.com/

5 comentários:

Carine Calé disse...

Oi Valéria,
Parabéns pela entrevista!!!
É muito bom conhecer mais e mais da história de cada uma, pois cada nova entrevista uma descoberta, um aprendizado, muitas dicas e lições de vida!!!
Felicidades a você e muito sucesso, que continue realizando este trabalho lindo e com todo este amor!!!
Beijosss
Carine

Ponto Cruz da Cristina disse...

Olá Valeria
Muitos PARABENS
Gostei muito da entrevista
Fiquei a conhecer-te melhor sem
duvida que és uma artista nos teus trabalhos
Beijinhos

Cristina

Déia Artes disse...

Oi amiga!!!
Parabéns pela entrevista!!!
Amei pois aprendei mais um pouquinho sobre vc... e realmente pude confirmar a pessoa maravilhosa que vc é!!!
Te desejo mto sucesso e felicidades nessa caminhada de artesã!!!
Bjs e pode sempre contar comigo!!!
Andréia

Meu Cantinho disse...

Oi Valéria
Adorei saber de sua história e das dicas que você deu o artesanato é apaixonante...........tenho uma professora que se chama Rosa e ela é artista plastica já leciona a mais de 40 anos e ela diz que na arte a gente sempre está aprendendo e concordo com ela sempre se tem coisas novas pra aprender um beijão.

Valéria - Artes em Madeira disse...

Olá meninas muito obrigada pelos comentários...no que eu puder ajudar vcs podem contar comigo.
Beijos e muito sucesso pra todas nós

sharethis